Home>Brasil>Por que devemos conhecer Brasília?

Por que devemos conhecer Brasília?

A Capital do País às vezes leva um injusto adjetivo. A cidade é vista por muitos como o paraíso do funcionalismo público e da corrupção dos políticos. Mas quem já visitou, sabe que encontra pessoas muito amistosas, candangos e brasilienses em um caldeirão de sotaques e a maioria destas pessoas não trabalha como servidor público.

Muita gente pergunta: Por que conhecer? O que tem de bom para fazer na cidade? Como é o Turismo em Brasília?

Te respondo que há uma série de coisas para fazer por aqui. Como brasiliense, sempre encontro atividades culturais, encontros, exposições, parques e vida noturna. Os monumentos da cidade retratam um período histórico não muito distante e Brasília também passou por momentos difíceis – a ditadura, invasão militar na UnB e os últimos protestos contra a corrupção. É pura história!

Segue uma lista para você conhecer Brasília e ficar por dentro da história.

 

Esplanada dos Ministérios:


Ao chegar no local você já conhece a parte externa do Supremo Tribunal Federal, o monumento dos Candangos, o Palácio do Planalto (onde o Presidente da República trabalha), Congresso Nacional (parte externa), além de ter uma visão dos poderes da União. É um bom primeiro passeio para se ter uma ideia do tamanho de Brasília.



Congresso Nacional:
Há passeios no interior do Congresso. Acho interessante a visita, que é gratuita e guiada. Você irá visitar os famosos salões do Senado e da Câmara, onde são tomadas as principais decisões do Brasil. Por exemplo, foi lá que Ulysses Guimarães promulgou a Constituição. Visitações podem ser feitas todos os dias das 09h30 às 17h. *Pode fechar em alguns eventos, por exemplo, visitas oficiais de presidentes de outro país.



Itamaraty:
Um prédio ministerial diferente dos outros. O lugar representa as relações exteriores do Brasil, lá são recebidos representantes de outros países em visitas oficiais e o órgão administra as embaixadas do Brasil pelo mundo. Além da parte externa ser muito bonita, há também visita guiada pelas instalações do prédio. Vale a pena! Segunda a sexta-feira: das 9h às 19h Sábados, domingos e feriados: das 9h às 9h.

Museu Nacional:
Sempre recebe exposições de vários artistas do mundo, um bom lugar para ter contato com a arte. O prédio é relativamente novo e um dos últimos projetados por Oscar Niemeyer. A entrada é gratuita e funciona de terça a domingo das 9h às 18h30.

 

Centro Cultural Banco do Brasil: O nosso CCBB é um encontro com a Arte. Sempre recebendo várias exposições de artistas renomados no mundo inteiro. Também recebe peças de teatro e filmes. A entrada é gratuita e está aberto ao público de quarta a segunda, das 9h às 21h. Os cinemas têm preços simbólicos de R$ 4,00.


Palácio da Alvorada:  É a casa do Presidente da República, a residência oficial do Chefe de Estado. As visitas geralmente são feitas do lado de fora. Os visitantes assistem às vezes à troca de guarda e do soldado Dragão da Independência parado em frente ao palácio, sem quase poder piscar. As visitações internas são mais complicadas. Deve-se chegar cedo, somente no domingo, entre 9h30 até 14h00. Organiza-se assim grupos entre 30 pessoas por ordem de chegada, distribuindo senhas. Aí um funcionário faz a apresentação do lugar aos visitantes.

Catetinho: Foi a primeira residência oficial do presidente Juscelino Kubitschek. O lugar foi construído a pedido do ex-presidente para que ele pudesse acompanhar de perto a construção da nova capital. Lá você vai encontrar as instalações precárias as quais os diretores, Juscelino e os construtores de Brasília se hospedaram para dar vida a nova Capital. Fica aberto de terça a domingo entre 9h e 17h. Fica na cidade do Gama, talvez o lugar mais longe entre os locais de visita que mencionamos aqui no blog.

 

Catedral de Brasília: Um dos maiores símbolos da arquitetura religiosa da cidade. A imagem da Catedral é única para os moradores e parada obrigatória para turistas. Os vitrais no interior do monumento impressionam, a simplicidade também. A entrada é gratuita, todos os dias de 8h as 18h.

Ponte JK: Um bom lugar para observar a ponte que já ganhou até prêmio internacional como sendo a mais bonita do mundo é o Parque da Ponte JK. No caminho para a ponte você deve pegar a marginal à direita, sentido Lago Sul, onde é o acesso ao parque. Lá você pode observar o monumento e a beleza do Lago.

 


Lago Paranoá: Este é a nossa praia, o nosso mar. Ele foi construído para amenizar os efeitos da seca na cidade. A maioria dos pontos dele são próprios para o banho e a prática de alguns esportes, como o Stand-up Paddle. O acesso a ele pode ser feito pelo Pontão, pelos clubes da cidade, entre vários outros.

 

Memorial JK: O museu conta a História do presidente Juscelino Kubitschek. Do começo de Brasília, sua construção, além de ter cenários da época, onde Juscelino despachava a objetos usados por ele, por exemplo. Fica aberto das 9h às 18h. A entrada inteira custa R$ 10,00. A parte de fora do monumento também é bem legal, há obras de artes no gramado e uma escultura do ex-presidente com sua esposa sentados em um banco.


Pontão do Lago:
Um lugar maravilhoso para quem busca relaxar, almoçar ou jantar e curtir a vista do Lago. Uma boa caminhada pelas calçadas de lá também é bem recomendado no lugar. Sentar com os amigos e conversar nos diques de madeira. Entrada gratuita!

Jardim Zoológico:
Um bom lugar para levar as crianças e também curtir a natureza. São centenas de espécies reunidas por lá, destaque para o borboletário e o aquário de répteis. Lá você pode sentar na grama, fazer um piquenique e curtir o dia. A entrada custa R$ 10,00 e está aberto de terça a domingo, das 9h às 17h.


Jardim Botânico: 
Conta com diversas trilhas e espécies da flora brasileira, destacando as plantas nativas do Cerrado. Um bom momento para relaxar e descansar ouvindo os pássaros que vivem por lá. A entrada custa R$ 2,00. De teça a domingo, das 9h às 17h.

Parque da Cidade:
Para você que gosta de caminhar, correr, andar de bicicleta, patins ou skate; o Parque da Cidade é muito recomendado. É simplesmente o maior parque urbano do mundo, são mais de 430 hectares e é um ótimo espaço para lazer, encontrar amigos além de receber vários eventos culturais da cidade.

Torre de Televisão:
Um ponto para se ter uma visão geral da cidade. Lá de cima você observa o centro da Capital, a Esplanada dos Ministérios e o Congresso Nacional. Você terá uma ideia de que Brasília realmente é uma cidade com horizonte incrível e totalmente plana. A visita é gratuita e o mirante fica aberto de segunda, das 14h às18h, e de terça a domingo, das 8h às 18h.


Torre de Tv digital:
Outra torre, mas esta mais recente e projetada por Oscar Niemeyer ; batizada, por ele mesmo, como a Flor do Cerrado. O design arquitetônico dela é futurístico. Um ponto de observação também foi montado e quem quiser visitá-la pode fazer aos Sábados, Domingos e Feriados das 09h as 17h.

 


Planetário:
Depois de 16 anos parado, o planetário de Brasília foi reinaugurado em 2013. Hoje, com instalações bem modernas, recebe curiosos que procuram saber mais sobre a exploração do Universo. Há também um cinema projetado no teto, seguindo padrões internacionais. A ingresso custa 1 Kg de alimento não perecível. Funciona de terça à quinta, às 11h, 16h e 19h e de sexta a domingo às 14h, 15h15 e 16h30.


Muitas coisas para fazer? Siga o mapa e se oriente na capital do seu país!




Curta o Próximo Embarque no Facebook: facebook.com/ProximoEmbarque

Thiago Inter
Thiago Inter é jornalista de TV, já atuou em Assessoria de Comunicação, adora produzir documentários, fotografia e percorrer o mundo. Nascido em Brasília, DF, o jornalista já documentou muitas de suas andanças para ajudar outras pessoas. Para ele, uma aventura é sempre bem-vinda e a melhor viagem é a próxima, esperando sempre pelo próximo embarque.
http://www.proximoembarque.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *