Home>Brasil>Renovando as energias em Mangue Seco

Renovando as energias em Mangue Seco

Situado entre os Estados da Bahia e Sergipe, Mangue Seco é aquele lugar que todo mundo quer ir para renovar as energias, deitar na rede e curtir a natureza. As águas quentes, formação de dunas e a tranquilidade do lugar, chamam a atenção de quem visita a região.

Mangue Seco fica na Bahia, município Jandaíra, mas a leva de turistas que visitam a região geralmente parte de Aracaju, quase duas horas de viagem. Já ouvi relatos também de quem saiu de Salvador, foi até Sergipe para chegar a Mangue Seco – ou seja, voltou à Bahia.

O roteiro que fiz, parte de Aracaju chegando até o município de Indiaroba-Pontal. De lá saem os barcos para Mangue Seco, daí você aproveita o visual do Rio Real até o destino.

Atravessando o Rio Real – de Sergipe até a Bahia

Chegando em Mangue Seco, você vai encontrar bugueiros, muitos deles, aliás. O recomendado é pechinchar até encontrar um preço bom.

Você pode pagar entre R$90 a R$120 (pode repartir este valor com outros passageiros) e eles atravessam as dunas até te deixar nos quiosques perto do mar, com redes para descanso e restaurantes.

O passeio é feito entre as formações de dunas da região, todos eles passam pelos coqueiros onde foram gravadas cenas da novela Tieta, de Jorge Amado, o lugar que deixou Mangue seco famoso no Brasil inteiro.

O resto é aproveitar a boa comida que os restaurantes oferecem, o sossego do lugar e a água bem salgada e quente do mar. O que mais chama a atenção da cidade é a calmaria, já que não é todo mundo que tem disposição de chegar até lá.

O que comer
Existe um projeto de sustentabilidade e de manejo ecologicamente correto das ostras em Mangue Seco. Muitos vendedores vão te explicar o projeto. A especiaria é cultivada em tanques preparados para isso, além de venderem a ideia de que é afrodisíaco. Os restaurantes e quiosques da praia têm o preço adequado, pelo menos na metade do mês de Fevereiro, eu realmente não achei caro como em outros lugares do Nordeste que visitei.

Os famosos coqueiros da Tieta
Um passeio de bugue pelas margens da praia

 

Thiago Inter
Thiago Inter é jornalista de TV, já atuou em Assessoria de Comunicação, adora produzir documentários, fotografia e percorrer o mundo. Nascido em Brasília, DF, o jornalista já documentou muitas de suas andanças para ajudar outras pessoas. Para ele, uma aventura é sempre bem-vinda e a melhor viagem é a próxima, esperando sempre pelo próximo embarque.
http://www.proximoembarque.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *