29/04/2013

Chegando em Paris e circulando de metrô

Depois da nossa conhecida viagem de trem entre Florença e Paris, chegou a hora de desembarcar na Cidade luz. Depois de um dia viajando de trem, cheguei em Paris como o café, totalmente moído.

O que é mais interessante por lá é a integração entre trens inter-municipais, entre cidades e o próprio metrô da cidade. Quando comecei a andar e a entender a malha viária dos trens, vi que não é preciso ter carro para morar em Paris. Que inveja! No Brasil quem não tem carro não se locomove, em Paris até os prefeitos vão trabalhar de metrô, que aliás, funciona muito bem. Os trens passam religiosamente de 30 em 30 segundos.

Vagão lotado? Aguarde o próximo em 30 segundos
No início pode ser difícil entender as estações e organização das linhas, mas depois você entra na lógica e sai seguindo o raciocínio. Aprende quais as estações estão interligadas e quais as cores. Daí em diante é só saber a baldeação que vai ficar muito fácil atravessar de Port de Bagnolet até a Torre Eiffel.

Não é tão difícil quanto parece
Alguma dúvida ou sugestão? Entre em contato nos coments ou no Facebook.

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2014 Próximo Embarque | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top
UA-66365035-1