Home>Américas>Nosso guia: o que fazer em Miami?

Nosso guia: o que fazer em Miami?

Um dos destinos mais procurados pelos brasileiros, Miami reúne não só boas praias e compras acessíveis. A cidade também é um paraíso para quem curte badalação, programas culturais e muita arte. Confira o nosso guia de viagem!

O que fazer

Miami é um lugar que abriga diversos perfis de viajantes. Tem os que curtem as badalações, quem vai em busca de cultura e arte e aqueles que vão à praia para descansar. Tem espaço para todos, uma das cidades mais ecléticas que conhecemos.

Museu Art Deco Welcome Center – Para quem curte arquitetura, o museu é uma ótima pedida. Várias fotos e maquetes explicam a construção da cidade em torno da preservação e conscientização da Arte Decô . Dos formatos dos prédios até a influência no vestuário. A entrada custa US$ 15. É possível agendar também passeios guiados pelo distrito – que é um museu a céu aberto – que custam US$ 25 por adulto.

Museu Arte Decô

– PAMM – Jorge M. Pérez Art Museum – Um ótimo lugar para os amantes da arte moderna e contemporânea, contando com coleções de artistas internacionais renomados. Além disso, a parte externa do prédio chama atenção pelos detalhes da bela construção, de frente para o mar e rodeado por um parque. Ingresso: US$ 16,00.

 

Patricia and Phillip Frost Museum of Science – É o museu de ciência da cidade. Ótimo lugar para crianças e adultos curiosos em assuntos científicos. Fica ao lado do PAMM, mas estava fechado em 2015 para reformas. Parece que será ampliado mas só abre novamente no segundo semestre de 2016.

Vizcaya Museum and Gardens – Uma mansão construída a partir de 1914, conta estilo renascentista onde o visitante pode contemplar o interior com belos salões decorados no início do século e os belos jardins estilo europeus. Entrada: US$ 18,00.

– Wynwood Wall District – No Brasil, temos bons representantes do grafite. Os Gêmeos, por exemplo, são reconhecidos internacionalmente – inclusive no distrito de Wynwood. O bairro é repleto de cores e contornos que dão vida aos muros da região. Uma forma de expressar o sentimento dos artistas para as milhares de pessoas que passam por lá todos os dias. Um sentimento de que, em todos os lugares que olhamos, houve alguma intervenção urbana, para passar uma mensagem e provocar os visitantes. Entrada gratuita – você tem que visitar os muros fechados também, a entrada também é franca!
→ Dica: para chegar até o distrito pode ser um pouco perigoso ir de ônibus. Saímos de South Miami Beach e descemos em uma parte do bairro um pouco sinistra, para depois pegar outro ônibus para a parte onde estão os muros grafitados. A dica é ir de táxi, Vans de passeio ou carro alugado. Se mesmo assim escolher o coletivo, cuidado com os pertences e não leve muito dinheiro. A recomendação é descer em Wynwood e não andar caminhos longos até o distrito dos grafites. E isso, nós escutamos de uma própria moradora da região.

 



– Orquestra Sinfônica gratuita – Uma das atrações mais legais em Miami. Praticamente em todos os fins de semana, o New World Symphony faz apresentações. Mas não é só isso! Quem quer pagar para entrar no prédio desembolsa cerca de US$ 80,00 por show. Mas o interessante é fazer igual aos residentes. Sentar no gramado externo e apreciar uma boa música que é transmitida ao vivo, gratuitamente no paredão do prédio da Orquestra. Os habitantes levam suas cadeiras, toalhas de piquenique, vinho, comida e sentam ao ar livre para assistir aos shows. É, definitivamente, viver como um morador local. Confira os horários aos fins de semana que acontece o WallCast no site.

A delícia de curtir uma noite sentado na grama e ouvindo boa música


– Balada na Ocean Drive – Em South Miami Beach a atração que mais atrai quem curte baladas ou a vida noturna é, sem dúvida, a Ocean Drive. Uma avenida que fica em frente a praia e que tem diversas opções de boates, restaurantes e barzinhos para todas as pessoas, gostos e tribos.

Ocean Drive: Baladas para todos os gostos

 

Saindo do aeroporto até a cidade

– Ônibus executivo: Quando chegamos a Miami pelo Aeroporto Internacional logo fomos procurar a maneira mais barata de nos levar ao nosso Hotel, que ficava na Avenida Collins – South Miami Beach. O táxi custava em torno de UU$ 35,00 e uma empresa de SuperShuttle não é uma boa ideia quando você está com mais gente e quer economizar. Portanto, a forma mais barata foi pegar um ônibus executivo que ligava o terminal á rua do nosso hotel. Portanto, pesquise a rota da linha e a proximidade ao seu hotel, onde você vai descer e conseguir ir a pé.

O aeroporto é bem sinalizado, logo após recuperar sua bagagem você identificará as placas que levam para o MetroBus. Você chegará em uma espécie de terminal rodoviário, por onde passam os coletivos. A nossa rota para a Collins era a 150, você deverá se informar no site da empresa qual a rota deve pegar.

Logo na entrada deste terminal há máquinas para comprar os passes de ônibus – ao contrário dos ônibus urbanos, que você paga na hora do embarque, este você tem que comprar os tíquetes na máquina, além disso, elas dão troco em moedas, o que não é possível quando você usa os ônibus da cidade.

Metrorail – opção que serve para quem vai ficar no centro da cidade, Downtown Miami – não servindo para Miami Beach. O esquema do passe Easy Ticket é o mesmo do Metrobus. Você compra nas máquinas do terminal. Veja a localização do seu hotel e a proximidade da estação do Metrorail no centro da cidade para facilitar sua chegada.

– Alugando um carro – No próprio aeroporto há um setor onde há várias lojas de aluguel de veículos. Se a ideia é rodar a cidade dirigindo, é muito fácil achar uma loja no terminal. Ao recuperar as bagagens você também vai encontrar as placas indicando o caminho até o setor de Rental Cars. É só escolher a loja, barganhar os valores e resgatar o carro. Os funcionários fazem todo o trabalho de te levar até o carro alugado.
→ Dica: Se der para esperar, pesquise um carro no centro da cidade ou em outras lojas espalhadas por Miami Beach. Pode sair bem mais barato que alugar no aeroporto.

Leia nosso guia completo de dicas para dirigir na Flórida

Circulando em Miami Beach

O litoral é um ótimo lugar para aproveitar o sol e o mar da Flórida. Um clima bem caribenho em pleno continente norte-americano. O litoral é dividido em South Miami Beach e North Miami Beach. South Miami é o mais escolhido dos turistas que procuram pelos hotéis mais próximos à praia.

No quesito mobilidade, acredito que um carro alugado torna tudo mais fácil em Miami. O problema é estacionamento na rua. Geralmente há cabines eletrônicas para pagamento destas vagas. Ao reservar seu hotel é importante checar se tem garagem para os hóspedes, ou será uma tarefa difícil dirigir por lá – e a diária nos parkings cobertos são bem caros. Estacionar sem pagar é multa na certa!

Em Miami, você vai ter que se acostumar com esta máquina

Já os ônibus são bem escassos. Passam poucas linhas mas dá para se locomover por toda Miami assim. A passagem custa US$ 2,25. Ao pegar o transporte você deve depositar o dinheiro certo na máquina ao lado da cabine do motorista, pois o aparelho não devolve troco e só aceita moedas de US$ 0,25 ou superior. Moedas menores não são aceitas, como as de US$ 0,01; US$ 0,05 ou US$0,10. Outra opção, caso passe mais tempo na cidade, é comprar o cartão Easy Ticket e recarregá-lo para todas as viagens, bastando passá-lo na máquina para liberar seu acesso.

——————————————————————————————————–
Nós te ajudamos com esta postagem?
Então siga o Próximo Embarque nas Redes Sociais e ajude a divulgar o nosso trabalho compartilhando este conteúdo. 
Toda nossa obra é oferecida gratuitamente aos leitores que buscam auxílio diariamente.

[Facebook] [Instagram] [Twitter] [Youtube]

Thiago Inter
Thiago Inter é jornalista de TV, já atuou em Assessoria de Comunicação, adora produzir documentários, fotografia e percorrer o mundo. Nascido em Brasília, DF, o jornalista já documentou muitas de suas andanças para ajudar outras pessoas. Para ele, uma aventura é sempre bem-vinda e a melhor viagem é a próxima, esperando sempre pelo próximo embarque.
http://www.proximoembarque.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *