Home>Brasil>Aproveitando Bonito para visitar o Pantanal

Aproveitando Bonito para visitar o Pantanal

Uma das portas de entrada do nosso riquíssimo Pantanal, Bonito oferece aos visitantes a oportunidade de conhecer um dos mais importantes ecossistemas do mundo.

Pode ser muito interessante visitar Bonito e incluir um dia, ou mais, no roteiro para visitar uma das fazendas que oferecem um passeio pelo Pantanal. O viajante tem a chance de ver animais como: jacaré, aves raríssimas e, com muita sorte, até a onça-pintada.

Resolvemos escolher uma das fazendas que a nossa agência trabalhava. A dica é procurar pelas credenciadas, sempre! Fuja das fazendas ou agências piratas, desconfie dos preços (eles são tabelados). Há casos sérios envolvendo funcionários de fazendas não-credenciadas que assediaram turistas mulheres. Portanto, nada de se aventurar dessa maneira.

Primeiro de tudo, selecione aqui uma destas empresas para os seus passeios – não só para fazenda, mas para todos. Pesquise na Internet ou pela agência qual a fazenda que eles sugerem para a visita ao Pantanal. Você tem a escolha do dayuse, que é o passeio por apenas um dia. E tem a possibilidade de ficar hospedado e até fazer os passeios noturnos, onde há maior chance de se ver a onça-pintada e outros animais.


Escolhemos por um dayuse na Fazenda San Francisco. De maneira geral, o passeio foi bom, com o reconhecimento da região, a atividade econômica que ela exerce (agricultura e pecuária) além de um passeio de chalana pelo Rio Miranda, onde tivemos o contato direto com os jacarés, sucuris, falcões, maguaris, veados, capivaras, entre vários outros animais.

Ao chegarmos na fazenda, por volta das 5h, tivemos uma sorte rara. Avistamos duas onças-pintadas caminhando na estrada de terra que dá acesso ao local. Infelizmente, não deu tempo de fotografar, pois elas correram para um mato bem alto após avistarem a presença do nosso carro. Mas o passeio já tinha sido válido por isso.


O que não gostamos:

Bom, como nem tudo são flores, temos também que apontar algumas coisas que julgamos importante e não gostamos muito. Por exemplo, a interferência dos funcionários da fazenda diretamente no meio ambiente. Alimentam os jacarés e as aves do Pantanal que ficam ao redor do Rio Miranda. Isso interfere muito na vida selvagem. Já vimos diversas vezes que os biomas mais intactos e com menos intervenções são mais propícios para a vida balanceada entre humano e animal. Ao avistar a chalana, os animais – aves e jacarés – já se aproximam para receber alimentos dos funcionários da fazenda. Algo que não ocorre quando o ser humano não se intromete no meio ambiente, como foi o caso do passeio da Barra do Sucuri, onde os animais não se aproximam e convivem sem problemas.


Dicas:
– Leve protetor solar, blusa de frio e repelente. Apesar do calor que faz na maioria das vezes, o tempo costuma virar no fim da tarde.

Curta o Próximo Embarque no Facebook: facebook.com/ProximoEmbarque

Thiago Inter
Thiago Inter é jornalista de TV, já atuou em Assessoria de Comunicação, adora produzir documentários, fotografia e percorrer o mundo. Nascido em Brasília, DF, o jornalista já documentou muitas de suas andanças para ajudar outras pessoas. Para ele, uma aventura é sempre bem-vinda e a melhor viagem é a próxima, esperando sempre pelo próximo embarque.
http://www.proximoembarque.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *