26/09/2014

Cancún, muito além dos resorts de luxo


Viajar para o Caribe não é só ficar nos grandes hotéis de luxo all inclusive. Gigantescos e ocupando praticamente uma orla inteira, eles não são a única opção para que visita Cancún. A região oferece opções de rotas para outras cidades incríveis.


Cancún fica no Estado de Quintana Roo e é considerada a entrada do Mundo Maia, já que era esta civilização que habitava a região no período pré-colombiano. Ao chegar na cidade você tem a sensação de estar nos Estados Unidos, talvez por conta de os norte-americanos serem donos da maioria dos resorts do lugar. O clima é de uma cidade que somente existe para o turismo e esse é o ponto crucial de sua criação, atrair cada vez mais visitantes que procuram hospedagem de luxo, baladas, areia branca e o azul-turquesa do Mar do Caribe.




Circulando
Ao chegar em Cancún pelo aeroporto, você deve avaliar qual a melhor condução para o seu destino. A maioria dos passageiros contratam os táxis pelas cabines do aeroporto ou alugam um carro. Os preços de ambos são mais salgados nas salas de embarque. Existem algumas linhas de ônibus que ligam o aeroporto à zona hoteleira e ao centro.

Hospedagem
Existe um corredor de hotéis de luxo em Cancún, a chamada zona hoteleira. Mas também há os hotéis de menor custo, que ficam no centro da cidade.

A noite
Para quem curte baladas, o centro de Cancún é o ponto alto de encontro dos turistas. Várias casas de show, restaurantes e bares. Praticamente uma miniatura de Las Vegas.

Praias
Várias praias podem ser visitadas. A de Tulum é considerada uma das mais bonitas do mundo, mas depende do gosto do visitante. É muito cheia de turistas e muita gente acaba optando por ir a lugares mais afastados e curtir as praias mais tranquilas da cidade. Você também pode escolher entre Playa Delfines, Playa Tortugas e Playa Chacmool – esta aí, bem perigosa por conta das correntes marinhas.




Xcaret
Muita gente visita este parque aquático por conta do leque de atividades que ele oferece ao visitante. São visitas a rios subterrâneos artificiais, contato com bichos e natureza, réplicas de cidades do interior e cópias de ruínas maias. As atividades de snorkel, mergulho e nado com golfinhos são os mais procurados pelos turistas. Na nossa avaliação, a visita depende muito do seu perfil. Nós não gostamos tanto assim de Xcaret, as nossas andanças pelo México supriram nossa necessidade em conhecer de perto os rios subterrâneos e as ruínas maias sem precisar ver de maneira artificial. Mas isso depende do perfil e do tempo de viagem de cada pessoa. Para nós, um programa mais para “turista” que para mochileiro.


Xcaret

Golfinhos de Xcaret - um show à parte

Tulum
A praia de Tulum é considerada uma das mais bonitas do mundo. Mas não é de acesso gratuito. O visitante tem que pagar para entrar nas ruínas e ter acesso às praias. Além disso, a cidade tem diversas outras praias que podem ser exploradas com mais facilidade para quem está de carro. O centro da cidade tem diversos restaurantes – muitos, muito bons, por sinal – e o que mais chama atenção são as ruínas. Os maias as habitavam e tinham vistas maravilhosas do mar. Um local totalmente estratégico que mostra o conhecimento marítimo deste povo, que usava esta enseada para comercializar produtos entre outras cidades e para navegar. Dizem que os maias faziam comércio internacional entre Tulum e Honduras.


Praia de Tulum


Ruínas de Tulum
Playa del Carmen
Quando chegamos na cidade nos deparamos com um clima parecido com o de Amsterdã. Muitos hotéis, restaurantes e até “restaurantes-hotéis”. Ruas bem movimentas pelos turistas que são assediados diariamente pelos vendedores de passeios turísticos e comerciantes da rua principal. O lugar é perfeito para quem quer embarcar para a ilha de Cozumel, mas não tem muitas opções de boas praias, apesar de estar perto de Puerto Morelos e as estradas que ligam a outras cidades próximas.

Outra coisa que o viajante que está de carro deve ficar atento é o estacionamento, que é caro e raro. Nas ruas não há muitas opções e pode ser perigoso, não muito por assalto, mas pelas multas. Estacionar perto da calçada pintada com faixa amarela é multa na certa e, o pior de tudo, a placa do carro é confiscada e só pode ser recuperada na delegacia, provocando uma grande dor de cabeça. Portanto, opte pelos estacionamentos particulares e caros, caso passe alguns dias na cidade.



A movimentada rua principal de Playa del Carmen

Puerto Morelos
Depois de passar por vários lugares, vimos que seria interessante ter ficado em Puerto Morelos em vez de Playa del Carmen. Puerto é muito mais tranquilo, com ruas menos movimentas. Praticamente uma cidade do interior com vista para o mar. Além disso, conta com uma das maiores floras de corais do mundo. Um espetáculo da natureza! Você pode fazer snorkel pelos arrecifes e ver várias espécies de peixes. Várias empresas oferecem estes serviços que são bem fiscalizados pelo governo mexicano e trabalham na preservação destes corais.


Farol de Puerto Morelos que entortou por conta de um furacão

Seguindo de Puerto Morelos para Cancún, há o Crococun, um parque que recupera, trata e cria várias espécies de crocodilos e répteis. O visitante pode conhecer um pouco mais deste animal que abriga os pântanos do México e EUA.


Crococun - Puerto Morelos
Akumal
Conhecido pelas belezas naturais e por ser o paraíso das tartarugas e da vida marinha. Outro lugar especial para quem curte o mergulho superficial. Você pode observar arraias e tartarugas. Basta levar o seu snorkel e alugar um colete salva-vidas. Se optar pelo passeio pago, os guias te levam mais longe para ver um pouco mais. A verdade é que alugando um colete já se supre a necessidade de ver este bichos em seu habitat, sem precisar gastar tanto para isso.


Akumal


Dito tudo isso aí acima, se localize pelo nosso mapa e aproveite mais a região que cerca Cancún. :)


Curta o Próximo Embarque no Facebook: facebook.com/ProximoEmbarque

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2014 Próximo Embarque | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top
UA-66365035-1