Home>Brasil>Por dentro dos museus de Belo Horizonte

Por dentro dos museus de Belo Horizonte

Uma viagem pela História de Minas Gerais, um passeio por dentro da terra, a exploração dos nossos recursos naturais e o reconhecimento da arte mineira. Belo Horizonte oferece uma série de opções para quem busca cultura nos museus da cidade. Uma das poucas capitais que investiram em museus para atrair visitantes de todos os lugares.



A Praça da Liberdade de Belo Horizonte carrega História em seus mais de cem anos. Localizada na região da Savassi, conta com um belo complexo paisagístico além de ser um lugar onde o visitante encontra muito da evolução de Minas Gerais. Os museus da praça abrem um leque de opções em diversas representações da arte. A Praça ainda é um lugar de encontro e prática de esporte.

Mas o complexo cultural vai além disso. Os museus são representantes de pontos históricos fundamentais para a formação de nossa História. Da exploração dos nossos recursos naturais, ao que podemos encontrar debaixo dos nossos pés, além do artesanato interiorano representado nos sonhos dos artistas.

Por fim, quero apresentar aqui para o nosso leitor nossa impressão sobre estes prédios públicos antigos que se transformaram nos museus mais importantes de Minas Gerais. Lá é também um dos maiores complexos culturais do Brasil. Eles compõe o chamado Circuito Cultural Praça da Liberdade.

Museu das Minas e do Metal: Tecnológico e interativo. Talvez estas sejam as melhores características do lugar. A coleção conta com diversos tipos de pedras e minérios que se encontram debaixo do solo, a nossa riqueza mineral. Além disso, o museu é perfeito para as crianças. Lá elas encontram e aprendem com vídeos, maquetes e muitas outras tecnologias que acendem a curiosidade delas.
Entrada gratuita. Abre de Terça a domingo, de 12h às 18h. Às quintas, de 12h às 22h.


Memorial Minas Gerais Vale: Destacar o patrimônio cultural e histórico mineiro como importante fonte de experiências e emoções”, esta é a descrição oficial sobre o museu. Que diz muito quando o visitamos. São obras de artistas locais, história de Minas Gerais contada em quadros, poesia, artesanatos e outras obras. O visitante conhece o folclore, cultura popular e entra na História do Estado.
Entrada gratuita. Funciona às terças, quartas, sextas-feiras e aos sábados: De 10h às 17h30. Às quintas-feiras: de 10h às 21h30. Aos domingos: de 10h às 15h30.

Centro de Arte Popular – Cemig: Conta com acervo de aproximadamente 800 peças. Grafite urbano na parte exeterna do prédio, pinturas rupestres e várias outras manifestações da arte popular. São esculturas, pinturas e desenhos. O prédio tem quatro salas de exposições.
Entrada gratuita. Às terças, quartas e sextas-feiras, de 10h às 19h. Às quintas-feiras de 12h às 21h. Aos sábados e domingos, de 12h às 19h.


Museu Mineiro: Através das obras, o lugar tenta contar a formação do Estado, sua cultura e sua História. Mais de dois mil objetos em várias coleções que documentam a vida e cultura mineira.
Entrada gratuita. Às terças, quartas e sextas-feiras, de 10h às 19h. Às quintas-feiras, de 12h às 21h Aos sábados e domingos, de 12h às 19h.

Espaço do Conhecimento UFMG: Assim como os conhecidos planetários em muitas cidades, o espaço conta com filmes sobre observações dos astros e tem outros setores que visam abrir os olhos do visitante para a saúde do nosso planeta. São debates sobre o lixo, o consumo consciente e a saúde do nosso planeta.
Entrada gratuita. As exposições funcionam de terça-feira a domingo, de 10h às 17h. Às quintas-feiras, de 10h às 21h. Sessões planetários de terça a domingo das 13h às 16h; nas quintas-feiras de 13h às 20h. As sessões são de hora em hora.

Espero que gostem da cidade e de bater perna por lá. Boas andanças por Beagá! =)


Visualizar Museus – Belo Horizonte em um mapa maior

Curta o Próximo Embarque no Facebook: facebook.com/ProximoEmbarque

Thiago Inter
Thiago Inter é jornalista de TV, já atuou em Assessoria de Comunicação, adora produzir documentários, fotografia e percorrer o mundo. Nascido em Brasília, DF, o jornalista já documentou muitas de suas andanças para ajudar outras pessoas. Para ele, uma aventura é sempre bem-vinda e a melhor viagem é a próxima, esperando sempre pelo próximo embarque.
http://www.proximoembarque.com

2 thoughts on “Por dentro dos museus de Belo Horizonte

  1. Gostei muito … acho que cou ''turustar'' em BH, rsrsr…Uma critica construtiva , faltou os endereços Eu gostei demais de ter o horario de funcionamento , obrigada

  2. Oi, Leh. Obrigado pela sugestão. Abaixo da postagem tem o mapa com os museus e também os nomes dos museus são links que levam para a página de cada um. Obrigado por ler… =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *