26/11/2013

Sergipe vai te surpreender. Quer apostar?

Vizinho da Bahia e de Alagoas, Sergipe é o menor Estado brasileiro. Mas nem por isso deixa de ter lugares impressionantes para visitar, além de não deixar nada a desejar sobre sua História.
Um dos fatos mais importantes que aconteceu no Estado, por exemplo, foi a morte do maior cangaceiro já conhecido em todo Brasil, o Lampião.
O circuito também passa pelas cidades históricas de Laranjeiras e São Cristovão.





Já vi muito conteúdo turístico de Sergipe, mas ainda acho que o Estado é pouco divulgado na mídia. Um grande desperdício! A região é cortada pelo Rio São Francisco, tem cidades históricas incríveis e ainda conta com opções que só em por lá.

Quero fugir um pouco do roteiro de praias, mas sem deixar de falar sobre elas. Claro! O Nordeste é sinônimo de litoral, sol e descanso. Em Sergipe não é diferente. A cidade de Aracaju conta com praias conhecidas pelo sossego e beleza. E o melhor, não só em Aracaju que você encontra praias maravilhosas. Percorrendo todo Estado você vai encontrar muitas outras.

Descida da Colina do Santo Antônio

Museu da gente sergipana



Um lugar para conhecer o povo e a cultura do Estado. O museu visa disseminar a cultura de Sergipe para quem o visita. E não são poucas as maneiras de mostrar isso. O local conta com um grande aparato de peças disponíveis além da exploração audiovisual com recursos multimídias. Vale a pena conhecer o principal museu da cidade e se aprofundar ainda mais na história da região. Fica na avenida Ivo do Prado, 398. no centro de Aracaju. O ingresso é gratuito. Visite a página!

Cânion do Xingó
Um dos lugares mais incríveis do Estado e da região. São gigantescos cânions alagados pelo Rio São Francisco. A viagem vale a pena, apesar de longa e cansativa. A região fica a 213 km de Aracaju, mas todo o esforço e tempo de viagem vai valer quando você cruzar de barco entre as pedras e nadar no Velho Chico, uma das nossas maiores riquezas naturais. Este roteiro ficou muito famoso depois de passar em uma novela na TV. Além disso, pouco antes de chegar ao Cânion do Xingó, fica a cidade de Poço Redondo, com a opção de se fazer o passeio do cangaço e visitar os locais onde foi assassinado o grupo do Virgulino Lampião, o cangaceiro mais conhecido do Brasil. Piranhas também é uma cidade que pode valer a pena o passeio para quem vai até o Canindé de São Francisco. A cidade ficou sendo referência para a História do cangaço nas épocas de Lampião.


Parque dos Falcões





Vamos fugir um pouco destes roteiros conhecidos e vamos ter um pouco mais de contato direto com a natureza? O Parque dos Falcões é o lugar para quem gosta de ver animais exóticos e ter a oportunidade de conviver um pouco perto deles. Trata-se de uma reserva mantida por um voluntário que ama os bichos e que recebe ajuda dos visitantes e do próprio Ibama para se manter. Com uma reserva gigante, animais machucados vão para tratamento e passam a conviver em um ambiente mais propício, alguns até soltos. Não se fala muito sobre o lugar, mas ele é conhecido entre algumas produtoras de filmes que até contratam o dono para por os animais em alguns filmes. Outra coisa interessante é que você pode colocar na mão os pássaros e sentir um pouco da fidelidade destas aves com o ser humano. O ingresso ao local custa R$ 20 e fica na Serra de Itabaiana, 45 km de Aracaju.

Cidades Históricas
São Cristóvão e Laranjeiras são as duas principais cidades históricas de Sergipe. São Cristóvão fica a 25 km de Aracaju e tem o título da 4ª cidade mais antiga do Brasil (fica atrás de Salvador, Rio de Janeiro e João Pessoa). Por isso é local onde reside a cultura do início do Estado, já foi capital de Sergipe e fundada em Janeiro de 1590, ou seja, apenas 90 anos depois da descoberta do nosso Brasil. Em 2010 a Praça São Francisco (foto) foi declarada como patrimônio da humanidade. Os pontos mais famosos da cidade, além da praça, são os conventos e igrejas que remontam a História da região em arquitetura colonial portuguesa.

Laranjeiras chama atenção pelos coretos espalhados pela cidade, igrejas e casarios, como de costume na arquitetura colonial. Todas as ruas da cidade estão mantidas com este desenho, parecendo que você voltou na História e está vivendo aquele momento. Fica a 20 km de Aracaju.




Praias
Sergipe conta com muitas opções de praias. Muita gente reclama um pouco da distância do mar para a areia e o percurso até a água. Mas o que chama a atenção é a beleza e o sossego da região litorânea. Vale a visita à Praia do Saco, Atalaia e Náufragos. No litoral norte a Praia dos Artistas fica entre as mais frequentadas pelos surfistas.

Dicas da hora
- Sergipe é barato dependendo da época. Então, se vai visitar fora de época, prepare-se para comer caranguejo, peixes e comidas locais por preços justos. Na Praia de Atalaia há a conhecida Passarela do Caranguejo, lugar com muitos bares e opções noturnas. O preço também é justo a depender da época.
- Alugar carro pode ser uma boa opção. O Estado, como disse aqui, é pequeno. A cidade é tranquila e dá para dirigir muito, além de fazer viagens para as praias do Estado e também entre algumas praias da Bahia ou Alagoas.
- Amendoim sergipano: uns amam, outros não. Mas já é patrimônio da cidade. A forma de preparo desta especiaria faz o amendoim ter fama única do Estado. Ele é muito diferente do consumido em outros lugares.
- São João e Precaju: Se você gosta de festa e badalação estas são as maiores festas de Sergipe. Na época de São João a cidade divide entre Campina Grande (PB) e Caruaru (PE) o título de maior São João do Mundo. O importante mesmo é o valor que o Estado dá a esta festa que faz lotar a região, além de divulgar nossa cultura nacional. O Pré-caju é uma prévia carnavalesca que arrasta a multidão para dançar atrás do trio elétrico e acontece no mês de Janeiro.

Aproveite e curta Sergipe! =)

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2014 Próximo Embarque | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top
UA-66365035-1