Home>Europa>Viajando de trem de Florença para Paris
saindo-de-trem-de-florenca-ate-paris.html

Viajando de trem de Florença para Paris

Costumo dizer que andar de trem há algumas vantagens e desvantagens. Para se deslocar de lugares perto como Bruxelas-Londres, Paris-Amsterdã ou Amsterdã-Bruxelas, pode valer muito a pena. Pouco tempo de viagem – de 2h a 3h – e comodidade. Além de curtir todas as paisagens, o que não seria possível em viagens de avião. Outra coisa, se der vontade, você pode parar em uma cidade, curtir um dia por ela e seguir viagem para onde quiser. Tudo depende do seu tempo, paciência e objetivo na viagem.

Como tudo na vida, sair de Florença de trem até Paris teve seus problemas, mas também foi uma experiência incrível.

O que eu curti: Passar por lugares que talvez jamais passaria novamente. Ver as mágicas paisagens pelo interior da Itália, sentir o clima frio da Toscana, descer em Milão e dar uma volta na cidade, conhecer pela janela do trem Cannes, Dijon, Lion e o Principado de Mônaco. É aquela hora que você pensa: Opa! Na próxima viagem eu volto para ficar nestes lugares. Realmente é algo interessante, mas nem tudo são rosas.

O que eu NÃO curti: O tempo de viagem de Florença até Paris foi de exatamente um dia. Então, dependendo do roteiro de cada pessoa, não vale a pena. Você perde um dia inteiro viajando, mas também ganha passando por lugares que muita gente não foi. Fazer muitas conexões nas estações de trem até chegar a Paris, você vai pegar um trem de Florença até Ventimiglia, de Ventimiglia até Milão, depois outra conexão até o Principado de Mônaco até então passar pela última conexão de trem noturno  até Paris. Chegar moído na cidade e tentar aproveitar o resto do dia.

Dica: Alguns sites vendem passagens conjugadas para viagens por toda Europa. Se você pretende visitar vários países, vale a pena. Você tem passes especiais que conjugam viagens entre países, daí escolhe seu itinerário e bota o pé nos trilhos. Se quiser, tem passe para um só país. Vale a pena para viagens pela Itália, França ou Holanda, por exemplo.

Os sites de compras de passes simples ou compostos mais conhecidos são o EuroRail, EuroStar e RailEurope.

Pesquise neste sites os preços, condições, entrega no Brasil e boa viagem. Eu comprei meu passe conjugado entre Itália, França, Benelux e Holanda. No final das contas acabou que ficou um preço mais acessível que comprar passe a passe.

Thiago Inter
Thiago Inter é jornalista de TV, já atuou em Assessoria de Comunicação, adora produzir documentários, fotografia e percorrer o mundo. Nascido em Brasília, DF, o jornalista já documentou muitas de suas andanças para ajudar outras pessoas. Para ele, uma aventura é sempre bem-vinda e a melhor viagem é a próxima, esperando sempre pelo próximo embarque.
http://www.proximoembarque.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *